quinta-feira, agosto 30, 2001

Um de cada vez
Um telefonema de cá
Outro de lá
Isso não é à toa
Fantasmas
Eles voltaram a me torturar
Círculos
Último dia é muito desconfortável. Em alguns casos dá vontade que ele acabe logo para nunca mais, em outros a gente fica meio que fungando o tempo todo e rezando para não se descontrolar e fazer aquele número do choro. Quando não se quer que o último seja o último é uma droga!!!!!!!!!!!!!!!
Primeiro dia é sempre péssimo. Todas as vezes que vou começar algo, seja natação, trabalho, aula de inglês ou coisa que o valha, vou repetindo o mantra: "não se desespere, vc está assim porque é o primeiro dia". Ai o tempo vai passando e a gente vai criando os vínculos, os móveis ficam mais familiares e vc se sente parte do negócio... e vem o último dia. Bom, mas para chegar aí tem de ter o primeiro dia.

terça-feira, agosto 28, 2001

Lugar Nenhum
Continuo em lugar nenhum e o pior que, ao contrário de casa nova, nesse caso não tem a sensação de hotel. Tá chato, muito chato!
Oliveira & Oliveira
Às vezes dois pés de azeitonas podem transformar-se em três coisas esquisitas: um carro modelo antigo, uma bobagem referente ao céu e outra coisa sem definição. É a vida em transformação.
Turbulência
Esse negócio não tá prestando, não! Os telefonemas estão ficando tão frequentes que é possível observar a continuidade das vidas. Isso me dá um pouco de medo.
Landau
Hoje entrou um Landau na redação. Estava de chapéu de boiadeiro e usava uma calça com a bandeira americana estampada. Se eu entrar em detalhes nem eu acredito.

segunda-feira, agosto 27, 2001

Alvo
Ele fez isso, gente! Meu marido comprou um relógio que é um alvo de dardo. Eu achei qie fosse brincadeira, mas o bichinho tá lá no site do Shoptime. O pior é que eu acho que ele também detestou, pois todas as vezes em que fala no tal relógio, ri feito louco!!!!!!!!!!!!!
Poliana
Hoje eu acordei assim Poliana e sei que poderia ser bem pior estar no programa da Marcia Goldsmith neste momento. Pior ainda, ser a própria
Manicure
O bom de não estar em lugar nenhum é sair no meio da tarde para fazer pé e mão. Nota 10 no boletim da redação

quarta-feira, agosto 22, 2001

Mais uma dose
Eu adoro endorfinas. Sou viciada mesmo. Depois de uma boa dose, eu me sinto a tal. Hoje nada me incomoda. Nem mesmo o estado provisório das coisas.
Corra, Lola, Corra
essa tal memória é mesmo o máximo! eu adorei perceber que esta máquina, que trabalhou tanto nos últimos meses, ainda tá boa. foram 35 minutos sem parar.

sexta-feira, agosto 17, 2001

Alice
O melhor feijão da minha vida é o da Alice. ... vou resolver minha vida., Depois eu falo da Alice
Célia
A minha babá morreu no ano passado. Foi assim de repente. Eu estava grávida e tomando café da manhã. Nossa doeu tanto quando a minha mãe deu a notícia. Ia querer muito que ela visse meu filho. Imagine o tanto que ela gostava de mim até botou o meu nome na filha dela. A Célia era bem gorda, tinha cabelos compridos e bem pretos. Vivia com vestido sem mangas e as alças do sutiã ficavam aparecendo. Acho que ela era boazuda, pois namorou a frota da Viaçao Limeirense. Eu adorava os finais de tarde depois do banho. Ainda com os cabelos molhados, íamos eu, ela e o radinho preto para o ponto de ônibus esperar o motorista-namorado. Eu me sentia o máximo, tinha lugar privilegiado e sempre tinha uma bala para mim. Andávamos pela cidade inteira ao som de Odair José (Vamos fazer desta noite/a noite mais linda do mundo...), Cláudia Barroso (a vida é mesmo assim/alguém tem que perder para outra entrar no campo) eum outro hit que eu não sei quem cantava: Agora eu posso dizer Adeus solidão/que sou feliz e tenho alguém para amar). Ah, Célia que saudade de nós duas.
café com solução
acho que agora vai. vou descer em instantes e decidir minha vida. quer dizer a decisão chegara até mim. acho um saco não poder jogar tudo para o alto e sair correndo por aí. essa vida não é mole. aliás como dizia a Célia, a minha babá (meu que saudade dela), não é bolinho
Indefinição
Gente o que eu faço agora?
Intimidade pra que?
Já tô quase desistindo. Quer dizer, já desisti. A "amiga de infância" parece um tonta. Cê fala abóbora e ela entende melancia, quando eu estava querendo dizer, na verdade, melão. Ai que saco, que irritação
SAS
Odeio pessoas sem SAS (Senso de Adequação Social)!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
O que é isso?
Para mim a Dercy Gonçalves é como um boneco de cordas com defeito, desses que você dá corda e ele sai andando e falando até a corda acabar. Essa mulher é uma aberração. Ela é compulsiva vai andando e falando palavrão e a corda dela não acaba nunca. Como é que alguém pode achar graça? Eu tenho nojo. Aliás nem sei porque tô aqui escrevendo isso. Então, tá
Coisas boas que podem acontecer em uma sexta-feira (ou qualquer outro dia)
Falar com o Cesar depois de muito tempo
Contar para o Cesar tudo o que aconteceu nos últimos tempos
Ouvir as aventuras mirabolantes (e são de verdade!) do Cesar no interior do sertão
Saber o que o Cesar pensa das coisas todas
Fazer comentários com o Cesar sobre tudo e todos
Available
Odeio estar assim
Sexta-feira
Acho que a semana é tão comprida só para ressaltar a delícia da sexta-feira. Pela manhã, dá a impressão que nunca mais vai chegar a segunda

quinta-feira, agosto 16, 2001

Pro secco
A Mari, minha íntima, me deu uma boa idéia
Champagne a qualquer hora!
É nessa que eu vou!
Sem Compromisso
É uma beleza
oba vou almoçar
Muda
Nossa que silêncio comprido!